segunda-feira, 16 de julho de 2012

A Igreja de Roma e a unidade da Igreja


Sem dúvida a unidade é um dom apreciado (João 17) mas não à custa da verdade bíblica. Assim o entenderam obviamente também os Padres, pois do contrário não teria havido tantas controvérsias. Por causa do crescimento desmesurado das suas pretensões a partir do século V, a Igreja de Roma não foi capaz de manter a unidade com as Igrejas orientais, e a ruptura foi definitiva a partir do século XI. E depois, aliada promiscuamente com o poder temporal e usando do modo mais anticristão que pode conceber-se o infame aparato inquisitorial, somente conseguiu, afogando em sangue os dissidentes quando foi necessário, manter a “unidade” pela força até ao século XVI. A história da Igreja de Roma em matéria de unidade é tão lamentável que me surpreende que os romanistas insistam nela.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...